Conheça a Mãe mais jovem do mundo: criança de 5 anos dá à luz

Maio é o mês das mães e foi justamente neste mesmo mês, em 1939, que o mundo conheceu a mãe mais jovem da História: Lina Medina tinha apenas 5 anos quando deu à luz um menino.
A criança, nascida em Ticrapo, no Peru, levava uma vida normal, até que seus pais, Tiburelo Medina e Victoria Losea, notaram algo de diferente em seu corpo: a barriga da menina não parava de crescer.
A princípio, os médicos acreditavam que Lina estivesse com um tumor em desenvolvimento no abdome, mas só quando ela já estava no sétimo mês de gestação é que a verdade foi descoberta.

Mãe mais jovem do mundo criança de 5 anos dá à luz2

O pai da garota foi preso pela suspeita de incesto, mas, sem nenhuma prova contundente, logo foi liberado. Em exames mais específicos, os especialistas descobriram que a criança teve uma puberdade bem precoce.

Com todo o desequilíbrio hormonal, Lina teve a sua menarca (primeira menstruação) com apenas 8 meses e seus seios começaram a se desenvolver quando ela tinha 4 anos. O Dr. Edmundo Escormel, que escreveu sobre o caso, revelou que a garota já possuía alargamento pélvico e maturação óssea avançada com apenas 5 anos.

Mãe mais jovem do mundo criança de 5 anos dá à luz3

No dia 14 de maio de 1939, ela foi submetida a uma cesariana, e a equipe médica pôde observar que o seu aparelho reprodutor era totalmente maduro — um caso raro de puberdade precoce.

O bebê nasceu saudável, pesando 2,7 kg, e foi nomeado de Gerardo, em homenagem ao médico que descobriu a gravidez de Lina. Até os 10 anos, ele foi criado como irmão mais novo da garota; só mais tarde a verdade foi revelada.

Mãe mais jovem do mundo criança de 5 anos dá à luz4

Gerardo morreu aos 40 anos, por conta de uma infecção na medula, sem saber quem era o seu verdadeiro pai. Sua condição médica não teve relação com o caso de sua mãe.

Mãe mais jovem do mundo criança de 5 anos dá à luz5

Lina, hoje com 82 anos, vive em Huancavelica, Peru, com seu marido, Raúl Jurado.

Compartilhar no Facebook

COMENTÁRIOS